Baterias usadas do Audi e-tron vão parar em tuk tuks elétricos na Índia

Adam Scott
Adam Scott
2 Min Read

Uma das maiores preocupações com os carros elétricos é o descarte das baterias depois que a vida útil delas acaba. A Audi e a ONG Nunam tentam encontrar um forma de contornar essa questão com um projeto interessante.

As empresas vão enviar baterias de exemplares do e-tron usados em testes pela Audi para a Índia. Os módulos de segunda mão serão instalados em tuk tuks elétricos, que serão emprestados sem custos para mulheres comerciantes para que elas possam carregar mercadorias para o mercado local.

“Quando usadas adequadamente, as baterias de segunda vida podem ter um enorme impacto, ajudando as pessoas em situações desafiadoras a obter renda e independência econômica – tudo de maneira sustentável”, disse Prodip Chatterjee, cofundador da Nunam.

A Audi não informou quantas cargas as baterias receberam quando estavam instaladas nos e-tron ou qual a estimativa de duração dos módulos após serem reaproveitados nos tuk tuks.

Como o programa ainda está na fase de testes, é provável que mais informações sejam divulgadas conforme os tuk tuks começarem a rodar nas ruas indianas. “Para veículos com menor alcance e requisitos de potência, bem como menor peso total, eles são extremamente promissores. Em nosso projeto de segunda vida, reutilizamos baterias de carros elétricos em veículos elétricos”, completou Chatterjee.

Tuk tuks elétricos não são novidade na Índia. Porém, os veículos que rodam atualmente costumam utilizar baterias de chumbo-ácido, menos eficientes e com menor autonomia. Os módulos de íons de lítio prometem aumentar o alcance.

A parceria também considera a forma de carregar as baterias. Os usuários serão incentivados a usar pontos de recarga alimentados por energia solar. Isso porque a maior parte da energia elétrica da Índia é proveniente de usinas de carvão, bem mais poluentes.

A Audi afirma ainda que, após o uso nos tuk tuks elétricos, as baterias terão nova utilização como fonte de energia para lâmpadas de LED.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário