Qual a marca de motos que patrocina a Copa do Mundo 2022?

Adam Scott
Adam Scott
2 Min Read

Não é Honda, nem Yamaha ou Bajaj; empresa que aparece em alguns jogos é a maior fabricante de veículos elétricos de duas rodas

Quem está assistindo aos jogos da Copa do Mundo 2022 de futebol pode se deparar com diversos patrocinadores nos estádios. São empresas do mundo todo, inclusive, com diferenças para a partida de cada país. Para esta edição no Qatar, a fabricante de motos elétricas chinesa Yadea é um das apoiadoras desta edição.

Apesar de não ter a fama de Honda, Yamaha ou mesmo a Bajaj, a Yadea é uma das maiores fabricantes de motocicletas do mundo, vista como a 2ª maior do mundo, atrás somente da Honda. Além disso, é a líder mundial no segmento de veículos de duas rodas elétricos, com mais de 6,1 milhões de unidades vendidas em 2021, de acordo com dados do Motorcycles Data.

Para a Copa do Mundo do Qatar, a empresa fechou acordo para ser apoiadora regional para Ásia e Pacífico, ou seja, pode aparecer em jogos das seleções destas regiões. “Estamos felizes em aproveitar esta oportunidade para nos conectar com nosso público jovem e reforçar os valores que impulsionam Yadea”, disse Zhou Chao, presidente de negócios internacionais da Yadea.

Yadea lança primeira moto de fato


Presente no EICMA 2022, a Yadea deu um passo importante para expandir sua linha. A empresa oferecia somente scooters e motonetas até então, mas com a nova Keeness VFD, a fabricante chinesa começa a oferecer, a partir de 2023 na Europa, um modelo que tem a configuração de uma moto de fato, na qual o motociclista vai montado.

Keeness conta com motor de 5.500 watts de potência, com pico de 10.000 w, e torque de 280 nm – a transmissão secundária é por corrente. Com velocidade máxima de 100 km/h, o modelo pode rodar até 140 km com uma carga, isso rodando a velocidade média de 45 km/h.

Share This Article