Vai viajar de moto? Conheça 5 itens para revisar antes de ir para a estrada

Adam Scott
Adam Scott
5 Min Read

Já em ritmo de fim de semestre, algumas pessoas já estão planejando suas viagens de fim de ano. No entanto, é importante rever alguns itens antes de colocar o pé na estrada, e para os donos de motocicletas isso não é diferente.

Dito isso, a AutoEsporte irá te mostrar 5 itens para serem revisados antes que você inicie uma viagem de moto. Siga essas dicas para evitar perrengues previsíveis na estrada!

Pneus

Talvez um dos itens mais importantes desta lista seja o conjunto de pneus. O tópico é muito importante para que a viagem seja realizada da forma mais segura possível. Pneus velhos podem comprometer diversos outros mecanismos de uma moto.

Caso eles estejam carecas, as respostas dos freios ficam bem mais lentas, tendo assim mais riscos de acidentes. Sem contar em casos de chuva, em que as probabilidades de deslizamentos são multiplicadas consideravelmente.

Vale também verificar sua validade. Se o piloto levar bagagem, a pressão dos pneus também tem que ser alterada para uma viagem segura. Portanto, é de suma importância fazer a troca desse item caso necessário.

Óleo

Em média, o dono de uma motocicleta deve trocar seu óleo a cada 3 mil km rodados. No entanto, esse número varia de modelo para modelo. Logo, vale verificar o manual do proprietário para saber o melhor tipo de óleo para seu veículo e qual a rodagem de troca indicada.

Toda regra tem uma exceção. Desta forma, em alguns casos o nível de óleo pode estar abaixo do que deveria antes do tempo esperado. Por isso é sempre importante verificá-lo antes de colocar o pé na estrada.

Um motor mal lubrificado pode resultar em muito estresse durante a viagem. Sua moto pode parar no meio de uma estrada, onde o local mais próximo para uma manutenção é distante, por exemplo. Portanto, fique atento ao nível de óleo!

Lanternas, faróis e setas

A parte das sinalizações é um tópico essencial para um trajeto seguro. Existem, inclusive, leis que proíbem a circulação de veículos em que lanternas, faróis e setas não estão funcionando perfeitamente.

Os artigos são fundamentais para assegurar a visibilidade de quem está pilotando, garantindo assim a segurança do piloto e dos demais veículos que estiverem na estrada. Além desses equipamentos de sinalização, também vale verificar as luzes do freio e do painel.

Freios

Na revisão, verificar as pastilhas e discos de freio é indispensável. Eles são responsáveis por gerar o atrito que resulta na redução de velocidade da moto. Portanto, caso eles estejam danificados ou desgastados, a frenagem será comprometida.

É possível perceber o mau funcionamento pelos ruídos e vibração, além da perda de eficiência dos freios. O fator seria muito prejudicial à uma condução segura, podendo resultar em acidentes.

Também vale verificar o fluido do freio, tendo em vista que durante sua vida útil ele é desgastado pela umidade, perdendo suas funções. Na revisão é possível ver se há necessidade da troca ou não.

Capacete e Vestimentas

Antes de falar sobre como seria uma condição ideal de um capacete, vale frisar que este é o item de segurança pessoal mais importante para um piloto de motocicletas.

Para verificar se ele está em um bom estado basta checar se a viseira está sem qualquer tipo de arranhão ou opaca. Caso esteja, está na hora de trocar. Dirigir sem capacete é uma infração de trânsito gravíssima com multa de e R$ 293,47, além da suspensão imediata da CNH.

Segundo o Ministério da Saúde, 69% dos traumatismos cranioencefálicos e 65% dos traumatismos na face são prevenidos com o uso do item de proteção. Sua utilização correta diminui em 40% o risco de morte durante um acidente.

Além da cabeça, outras partes do corpo como mãos, tórax, pernas e pés, também precisam ser protegidas. Por isso, também vale procurar jaquetas, calças, luvas e sapatos ideais para andar de moto, visando sua segurança pessoal em caso de colisões.

Share This Article