Como conservar a sua moto da melhor maneira

Adam Scott
Adam Scott
3 Min Read
Fernando Siqueira Carvalho

O empresário Fernando Siqueira Carvalho é um amante dos carros antigos, mas sua paixão por motos é algo presente em sua vida. As motos são uma grande saída aos aventureiros que embarcam em viagens ou a quem busca um meio de locomoção rápido, esquivando-se do trânsito das grandes cidades. De qualquer forma, a moto, desde sua criação, foi um veículo muito cotado entre as pessoas.

Dessa forma, as motos são itens indispensáveis a quem deseja contornar o engarrafamento das metrópoles. Contudo, elas merecem de certo cuidado e manutenção para, além de manter sua funcionalidade, manter sua beleza e padrão da fábrica

Os veículos automotivos estão usando cada vez mais tecnologia avançada que o mercado tem a oferecer. Os fabricantes oferecem alta tecnologia empregada, bem como um padrão alto de estética, afirma Fernando Siqueira Carvalho, tudo isso em prol da melhor experiência que se possa ter entre o piloto e a sua moto.

Tendo esses pontos levantados, o entusiasta do mundo automotivo, Fernando Siqueira Carvalho, traz dicas de conservação para motos. Em primeiro lugar é importante ressaltar a proeminência de realizar revisões e checagens regularmente.

Verificar com profissionais especializados sobre o funcionamento do veículo é a melhor maneira de estar por dentro e saber o que a moto precisa: se todas as peças estão em ordem, níveis e quilometragem, enfim, é o principal se você deseja uma moto com bom funcionamento por muitos anos.

Posteriormente, fique de olho na corrente e atente-se na lubrificação da mesma, ressalta Fernando Siqueira Carvalho. Recomenda-se que após 1000 km rodados, ou se a moto se submeter a chuvas e estrada de terra, haja a lubrificação das correntes.

Outra dica é abastecer sua moto em postos credenciados, com critérios de qualidade, um bom combustível faz toda a diferença. Além disso, pilote com suavidade e de acordo com a lei, frenagens bruscas e avultar o limite da moto causam desgastes.

Por fim, não se esqueça de calibrar os pneus e de verificar o nível de óleo do veículo, as duas ações são importantíssimas para o bom funcionamento da moto, enfatiza Fernando Siqueira Carvalho.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário